Síndrome do Intestino Irritável + FODMAP

21 Feb

Você tem ou conhece alguém que tenha a Síndrome do Intestino Irritável (SII)?

Esta síndrome é uma doença que altera o funcionamento do tubo digestivo com reações recorrente de constipação e/ou diarréia e pode vir acompanhada de dor abdominal. Normalmente as idas ao banheiro são urgentes, tem esforço e alívio ao defecar, porém com uma sensação de evacuação incompleta.

O diagnóstico deve ser feito por um médico, através das queixas do paciente, analisando as freqüências e a intensidade dos sintomas, e a observação da não alteração de exames clínicos e laboratoriais.

Atualmente, a dieta de eliminação FODMAP tem sido considerada a principal conduta para pacientes com SII.

FODMAP significa “Fermentable​​ Oligosaccharides, Disaccharides, Monosaccharides and Polyols”, ou seja, oligossacarídeos (frutanos e galactanos), dissacarídeos (lactose), monossacarídeos (frutose) e polióis fermentavéis. A dieta FODMAP foi desenvolvida na Universidade de Monash, em Melbourne por Peter Gibson e Susan Shepherd em 2010.

A má absorção da maioria dos carboidratos acima é comum a todos, porém quem tem SII sofre com severos efeitos colaterais.

Vamos conhecer melhor estes carboidratos fermentáveis?

Oligossacarídeos: cebola, alho, alho poró, trigo, cuscuz, centeio, caqui, melancia, chicória, dente-de-leão, alcachofra, beterraba, aspargos, brócolis, repolho, ervilhas, grão de bico, quiabo, couve. Alimentos industrializados: farinha de trigo, massas em geral com trigo, bolos, biscoitos, ketchup, maionese, mostarda, carnes processadas como salsicha, nuggets, presunto e mortadela, lentilhas, grão de bico, feijão, ervilha, soja.

Dissacarídeos: Leite de vaca, cabra e ovelha, queijo ricota, cottage, iogurte e sorvete, nata, creme de leite, cream cheese e outros alimentos que contenham leite.

Monossacarídeos: maçã, pêra, manga, mel, xarope de milho, néctar de agave, aspargos, cereja, melancia, sucos de fruta, ervilhas, alimentos com xarope de milho, néctar de agave e xarope de frutose: como mel artificial, biscoitos, refrigerantes, sucos prontos, geleias, pó para bolos, etc.

Polióis: cerejas, ameixas, abacate, cogumelos, couve-flor, xilitol, manitol, sorbitol, maçã, damasco, pêssego, nectarina, amora, lichia, edulcorantes artificiais que contenham sorbitol (E420), manitol (E421), isomaltose (E953), maltitol (E965) ou xilitol (E967).

O que a gente recomenda é retirar estes alimentos por 6 semanas e reintroduzir os alimentos de forma gradual e supervisionada pelo nutricionista para determinar o nível de tolerância. Não faça isso sozinho, há um protocolo a ser seguido. A boa notícia é que você provavelmente poderá voltar a comer alguns alimentos naturalmente ou esporadicamente, outros talvez não.

Nenhuma informação deste site substitui uma orientação nutricional! Consulte um nutricionista para um Plano Alimentar Individualizado.

2 Comentários em “Síndrome do Intestino Irritável + FODMAP”

  1. elo domingues February 25, 2018 at 1:20 pm #

    não sobrou nada para comer…seria interessante colocar uma lista do que podemos comer porque a impressão é que não sobrou nada…

  2. Verônica Laino February 25, 2018 at 5:29 pm #

    Olá Elo!
    Tem muita coisa que pode ser consumida! Por isso que falei que precisa fazer esta dieta com acompanhamento nutricional, pois não é fácil montar um cardápio sem acompanhamento da nutricionista 😉
    Um abraço,
    Verônica Laino

Deixe seu Comentário